O Transporte a Pedido no Médio Tejo

A experiência piloto do serviço de Transporte a Pedido no Médio Tejo teve início no concelho de Mação a 21 de janeiro de 2013.

Para o arranque do projeto-piloto foram definidos cinco circuitos que abrangiam a zona norte e sudoeste do concelho de Mação. Em setembro de 2013 foram iniciados 3 novos circuitos por forma a abranger todo o concelho. Seguiu-se Sardoal e norte de Abrantes.

Em 2016 o serviço de transporte a pedido do Médio Tejo foi alargado a Ourém, Tomar, Vila Nova da Barquinha e sul de Abrantes, perfazendo uma oferta global de 34 circuitos, 638 paragens e abrangendo uma população de cerca de 63.800 habitantes.

Em 2017, o serviço de transporte a pedido ficou assinalado pelo alargamento dos serviços aos concelhos de Alcanena, Constância, Sertã, Ferreira do Zêzere, Torres Novas e Vila Rei com configuração dos serviços adaptada às necessidades de cada concelho, e com isso a garantia de oferta do serviço de transporte a pedido em 11 concelhos da região do Médio Tejo, com 60 circuitos, mais de 1.200 pontos de paragem e servindo uma população de cerca de 123.000 habitantes.

As reservas podem ser feitas através do número 800 209 226. As chamadas para este número são gratuitas e será a Comunidade Intermunicipal do Médio Tejo que assegurará o registo das reservas, fornecendo ao operador de transportes o plano de serviços de transporte a efetuar no dia seguinte, discriminando as paragens a servir e os nomes dos passageiros a recolher em cada paragem. Poderão existir reservas de última hora (reservas feitas após as 15:00h), todavia estas só serão aceites para paragens que já tenham reservas registadas.


De forma a otimizar a utilização dos veículos, os horários indicados poderão sofrer um atraso, que não ultrapassará os 10 minutos.
Os bilhetes referentes aos serviços de transporte serão cobrados viagem a viagem, aquando do embarque no veículo.

A partir de maio de 2014 o serviço de transporte a pedido é alargado ao concelho de Sardoal, com dois circuitos abrangendo todas as freguesias do concelho, e também ao concelho de Abrantes, com 3 circuitos.

A oferta de transporte a pedido manteve-se constante até março de 2016, tendo sido operacionalizado o alargamento do serviço de transporte a pedido ao concelho de Ourém, com oferta de 13 circuitos que priorizam a ligação às extensões de saúde da zona norte do concelho e ligação aos mercados semanais de Ourém e de Freixianda, a funcionar em dias da semana específicos, de forma a otimizar os custos de realização dos serviços com a real necessidade da população. Neste mesmo ano, foram implementados os serviços de transporte a pedido nos concelhos de Tomar, Vila Nova da Barquinha e zona sul do concelho de Abrantes perfazendo uma oferta global de 34 circuitos, 638 paragens e abrangendo uma população de cerca de 63.800 habitantes.

Em 2017, o serviço de transporte a pedido ficou assinalado pelo alargamento dos serviços aos concelhos de Alcanena, Constância, Sertã, Ferreira do Zêzere e Torres Novas, com configuração dos serviços adaptada às necessidades de cada concelho, e com isso a garantia de oferta do serviço de transporte a pedido em 11 concelhos da região do Médio Tejo, com 60 circuitos, mais de 1.200 pontos de paragem e servindo uma população de cerca de 123.000 habitantes.