Como será o futuro do Transporte Flexível?

Num recente relatório do Institution of Mechanical Engineers e da Community Transport Association do Reino Unido é definido um cenário do que se espera para o Transporte Flexível num futuro próximo.

Será local

A maioria das viagens diárias são locais – para as lojas, escola, trabalho, visitas à família e amigos ou para um compromisso. Mesmo quando se utiliza um comboio ou um avião, parte será uma deslocação mais curta por estrada para ligação com a estação ou aeroporto.

A tecnologia permite obter uma visão mais granular da procura, que pode ser usada para executar serviços de Transporte Flexível personalizados e eficientes que oferecem uma solução à medida para os residentes locais.

O Regime Jurídico do Serviço Público de Transporte de Passageiros fortaleceu os poderes das autarquias locais para moldar suas redes de transporte para o benefício de seus passageiros, que também têm mais voz sobre como devem ser.

Crescentemente, pensa-se que os diversos serviços de transporte financiados pelas autoridades locais como transporte escolar e de doentes podem e devem ser enquadrados de uma forma mais ampla e que poderá incentivar a adoção de uma abordagem mais criativa e colaborativa para possibilitar uma rede local integrada de transporte de passageiros mais eficaz.

Será resiliente e sustentável

O Transporte Flexível pode levar à redução do uso de veículos particulares.

Também pode levar a um uso muito mais eficiente da capacidade no transporte de passageiros através da redução da necessidade de veículos maiores operando com capacidade excedente em determinados horários do dia. Pelo contrário serão usados veículos menores que só fazem as viagens necessárias.

A rede de transporte flexível incluirá fornecedores voluntários como motoristas e trabalham sem fins lucrativos pode adicionar maior resiliência à rede.

Será acessível e inclusivo

A colocação desde o início das necessidades daqueles que enfrentam as maiores desvantagens no foco do projeto de qualquer novo serviço de transporte, permite criar muitos benefícios, economizando-se tempo e dinheiro por antecipação de problemas que surgiriam no futuro.

Combinando a procura de quem usa o Transporte Flexível por escolha e necessidade, pode-se encontrar uma forma melhor de equilibrar conveniência e velocidade, o que pode ser imperativo para muitos viajantes preocupados com confiança e segurança, especialmente aqueles que são mais vulneráveis.

Estará ligado

Qualquer uma das inovações no setor da mobilidade é sobre personalização e autonomia.

Mas, deve-se defender os méritos de uma experiência de transporte partilhado, demonstrando-se que fazer uma viagem com outras pessoas ajuda o bem-estar físico e mental dos cidadãos.

Muito do que é feito é para permitir que as pessoas se sintam independentes, mas é necessária atenção ao isolamento que isso cria. Não se deve descartar os benefícios de construir um nível de interdependência entre grupos separados com necessidades diferentes.

Será multimodal

A falta de confiança sobre a primeira ou a última parte de uma viagem de transporte público de ponta a ponta pode significar que ela nunca irá a acontecer ou, em alternativa, será realizada em transporte individual em todo o percurso.
O Transporte Flexível pode ajudar com a ‘primeira milha, última milha’ podendo encorajar uma mudança modal.

Por exemplo, alguém pode ser encorajado a usar um comboio se uma solução de transporte a pedido pode permitir certeza e confiança para o acesso de e para a estação.